lunes, 26 de marzo de 2012

Los rítmicos “poderes”

por graciela malagrida


Puedo decir tantas cosas con los ojos
tantos secretos que la boca calla
como tantos tesoros guarda el corazón
que ha aprendido a amar
y a dar batalla.

Puedo liberar vida y contento
comprimidos o expuestos en los labios
que tan sabios, que tan doctos en mesura
han mutado a dulzura los agravios.

Puedo esparcir temor y desconsuelo
pero me evito el dolor y elijo el canto
porque pudiendo llorar resisto y creo
pendientes de cristal
esencias, lazos.

Y pudiendo impeler al cielo alas
para echar a volar a mi deleite
me sujeto al silencio entre la gente
y llueve gracia, acento en la palabra.

…Entonces puedo elongar
-estoy segura-
el cuerpo de la luz
sobre la duda.




A potencia dos ritmos

tradução: ronaldo braga

Posso dizer muitas coisas com os olhos
tantos segredos que a boca silencia
como os tesouros guardados no coração
que tem aprendido a amar
e não esmorecer.

Posso exaltar a felicidade da vida
contida ou exposta
nos lábios
que de tão sábios e educados
transformam rispidez em doçuras.

Posso encontrar o medo e a derrota
mas de mim desvio a dor e me encontro na canção
porque podendo chorar, resisto e me sei
sonhando cristal, essências e laços

e aos céus, imprimo asas
para voar ao meu prazer
e me permitir o silencio entre as pessoas,
pois mesmo nas exaltadas alegrias
eu me traduzo nas palavras

Então posso fincar
- estou segura -
o corpo da luz
em toda a duvida.


2 comentarios:

  1. é o corpo da luz vencendo a duvida.
    é o que eu te digo seus versos me inspiram,
    as nossas diferenças qualifica as nossas particularidades e faz crescer a minha admiração.
    bjos

    ResponderEliminar
  2. A potencia dos ritmos


    Posso dizer muitas coisas com os olhos
    tantos segredos que a boca silencia
    como os tesouros guardados no coração
    que tem aprendido a amar
    e não esmorecer.

    Posso exaltar a felicidade da vida
    contida ou exposta
    nos lábios
    que de tão sábios e educados
    transformam rispidez em doçuras.

    Posso encontrar o medo e a derrota
    mas de mim desvio a dor e me encontro na canção
    porque podendo chorar, resisto e me sei
    sonhando cristal, essências e laços

    e aos céus, imprimo asas
    para voar ao meu prazer
    e me permitir o silencio entre as pessoas,
    pois mesmo nas exaltadas alegrias
    eu me traduzo nas palavras

    Então posso fincar
    - estou segura -
    o corpo da luz
    em toda a duvida.

    graciela malagrida
    tradução ronaldo braga

    ResponderEliminar

gracias x el comentario! no dejes de orbitarme!